Tempo de leitura: 1 minuto
O valor de R$ 4.581.186,95 já foi encaminhado pelo Governo Federal. O recurso foi disponibilizando para uso na última terça-feira (18). A destinação foi realizada do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil.
A ponte sobre o Rio das Antas será nos mesmos moldes da anterior, inaugurada em 1982. A estrutura teve parte da pista levada pela força da água em decorrência das chuvas no dia 15 de maio.
A Portaria que liberava o valor para a reconstrução tinha sido publicada no Diário Oficial da União, ainda, na semana passada.
De acordo com o prefeito de Cotiporã, Ivelton Zardo, agora será executada a obra de maneira emergencial, com dispensa de licitação.
“Acredito que até a metade da próxima semana já teremos a contratação da empresa que fará essa obra e conseguiremos estipular os prazos para entrega da ponte, uma demanda urgente da região”, explica o prefeito.
A ponte sobre o Rio das Antas sofreu danos à sua estrutura, na manhã do dia 15 de junho, quando uma parte foi levada pela correnteza. Esta é uma rota alternativa à BR-470, que teve grande parte de sua rota, principalmente entre Bento Gonçalves e Veranópolis, tomada pelos deslizamentos de terra.
Já a licitação da obra da nova ponte, entre São Valentim do Sul e Santa Tereza, será aberta no dia 3 de julho. Estrutura foi destruída pela enchente do Rio Taquari em setembro de 2023. Custo estimado é de R$ 31,3 milhões, sendo R$ 24,4 milhões provenientes do governo federal e R$ 6,9 milhões como contrapartida do Estado.
Fonte: Portal Leouve
Compartilhe também no:

Polícia Civil, na manhã de hoje, 21/06/2024, cumpriu 08 (oito) mandados de busca e apreensão

Artigo anterior

RECOMEÇO: Havan reabre loja em lajeado neste sábado

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.