Tempo de leitura: 1 minuto

Na manhã desta segunda-feira, 19 de janeiro, a diretoria do Cimes – Centro de Integração do Menor Espumosense, iniciou oficialmente suas atividades do ano de 2024. Para o momento, um ato com a presença de membros da diretoria e da imprensa para anunciar os mais de R$ 200 mil em investimentos realizados na estrutura para melhorar as condições dos serviços prestados. O recurso é oriundo de emenda parlamentar do então Senador Lasier Martins, que inclusive visitou o Cimes antes da destinação dos valores, que foram solicitados à ele, pela vereadora Natália Strelow (PDT).

O Cimes é uma entidade mantida com investimentos do poder público em 80% para pagamento dos servidores, e doações feitas pela comunidade contando com o apoio do Lions Clube, que é entidade madrinha do Cimes.

Também foi anunciado que com investimentos de R$ 15 mil, os alunos receberão gratuitamente uniformes de inverno. O recurso foi oriundo de projeto encaminhado à Comarca de Uruguaiana. Foi inaugurada uma sala de reforço para os alunos, com estrutura financiada pelo Lions Clube.

Atualmente apoiam a entidade, a Administração Municipal de Espumoso, Lions Clube, Ministério Público, Poder Judiciário, Sicredi, Cotriel, Capaz, Feijão Jacuí e pessoas físicas.

Zelindo Signor Neto, Vice-prefeito de Espumoso, falou em nome da Administração.

 

Registros do ato de início do ano letivo do Cimes:

Eduardo Signor, membro da diretoria do Cimes

Coordenadora Pedagógica do Cimes

Margarete Ravazio, membro da Diretoria e representante do Lions Clube

Zelindo Signor Neto – vice-prefeito de Espumoso

 

 

 

 

 

 

Compartilhe também no:

SERAFINA CORRÊA | Brigada Militar e SCAB atendem capotamento

Artigo anterior

Termina dia 29 prazo para empresas enviar relatórios salariais

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.