Tempo de leitura: 1 minuto

Em reunião da Comissão Permanente de Exposições e Feiras da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) na quinta-feira (27/6), ficou definido que as inscrições para animais de argola que irão participar da 47ª Expointer começarão em 15 de julho, e que a data-limite para as associações inscreverem seus animais será 29 de julho. Os rústicos devem ser inscritos até 8 de agosto. O secretário-adjunto da Seapi, Márcio Madalena, conduziu o encontro no Parque Assis Brasil, em Esteio.

A entrada dos animais de argola durante a feira, que ocorre de 24 de agosto a 1º de setembro, será de 19 a 23 de agosto, das 8h às 22h. Os demais animais podem entrar a partir de 19 de agosto, no mesmo horário.

O comissário-geral da Expointer, Pablo Charão, destacou que os espaços nos pavilhões devem ser utilizados pelos animais. “Alguns expositores, sem autorização, colocam estruturas diversas nesses locais, e eles devem servir aos animais somente”, lembrou.

Aves não podem participar

A diretora do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal da Seapi, Rosane Collares, afirmou que, por uma questão sanitária em função da influenza aviária, as aves (galinhas, patos, marrecos) não poderão participar desta edição.

“Esses animais mais suscetíveis a contrair a doença não estão participando de eventos de aglomeração em nenhum dos três estados da região Sul (Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná). Foi um acordo firmado por meio do Fórum Nacional de Executores de Defesa Agropecuária da Regional Sul”, explicou. “Mas os pássaros estão, pois têm menos propensão à infecção por influenza aviária.”

Rosane salientou ainda que o departamento é responsável pelo regulamento sanitário da Expointer. “Trata-se da base para a segurança a respeito dos animais que participam da feira, que são mais de 5 mil. A questão sanitária é extremamente importante, não só dentro do parque, mas também nos locais para onde os animais vão ser direcionados”, destacou.

Encaminhamentos

A subsecretária do Parque, Elizabeth Cirne-Lima, pontuou os pleitos de representantes de associações de animais de raça durante a reunião, como a flexibilização de entrada e saída de animais. Ela informou que haverá uma reunião para debater o assunto no dia 31 de agosto, às 12h, na sede da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac) durante a Expointer.

Texto: Darlene Silveira/Ascom Seapi
Edição: Felipe Borges/Secom

Compartilhe também no:

GUAPORÉ | Bons jogos esquentam a noite no Municipal

Artigo anterior

Castelhano inaugura novo conceito em casa de carnes para Espumoso

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.