Tempo de leitura: 1 minuto

A partir de uma parceria com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), o Consórcio Intermunicipal de Cooperação em Gestão Pública (Conigepu) investirá em um novo modelo mecanizado para tratamento e reciclagem de resíduos sólidos. O projeto contempla 12 municípios localizados na região da Zona da Produção. O objetivo é elevar o percentual de material reciclado sobre as 35 toneladas de lixo urbano recolhidas atualmente no aterro localizado em Trindade do Sul.

Esta é a primeira operação de crédito do BRDE com consórcios municipais. O financiamento é de R$ 3,5 milhões e foi assinado nesta quinta-feira (7/3), no estande do BRDE na Expodireto Cotrijal, em Não-me-Toque. O evento contou com a presença do vice-governador Gabriel Souza, que salientou os pontos positivos do projeto. “É uma importante iniciativa que está em sintonia com as ações do governo do Estado pelo meio ambiente. Trabalhamos para avançar cada vez mais em projetos sustentáveis e o tratamento dos resíduos sólidos amplia a capacidade de geração de biogás, por exemplo, que pode ajudar a alimentar a energia das nossas cidades”, destacou o vice-governador.

Além dos aspectos ambientais, o novo modelo representará maior receita com a venda de material reciclado para as indústrias locais e ampliará a vida útil do aterro. O vice-presidente e diretor de Operações do BRDE, Ranolfo Vieira Júnior, ressaltou que a parceria com o consórcio reafirma a missão do banco. “O projeto está alinhado com os nossos compromissos com a sustentabilidade, além de inaugurar um novo formato de apoio às necessidades dos nossos municípios”, disse Ranolfo.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo, participou da celebração do contrato. O presidente do consórcio e prefeito de Três Palmeiras, Claumir César de Oliveira, afirmou que o financiamento possibilitará iniciar um modelo mecanizado no tratamento do resíduo sólido recolhido, incluindo a implantação do sistema de trituração e peneiramento. Demais prefeitos da região igualmente prestigiaram o evento.

Atualmente, apenas 10% do lixo recolhido é reciclado. Com os novos investimentos, a expectativa é ampliar em três anos a vida útil da terceira célula de aterro em operação desde junho do ano passado. O consórcio contempla ainda os municípios de Alpestre, Constantina, Engenho Velho, Entre Rios do Sul, Gramados dos Loureiros, Nonoai, Novo Xingu, Rio dos Índios, Ronda Alta e Sarandi.

Texto: Pepo Kerschner/Ascom BRDE
Edição: Camila Cargnelutti/Secom

gov do RS

Compartilhe também no:

Assinado convênio para construção da ponte que liga os municípios de Anta Gorda e Guaporé

Artigo anterior

Vice-Presidente prestigia posse da nova diretoria da Fetag

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.