Tempo de leitura: 1 minuto
Pode ser uma imagem de texto
Barulhos de tiros. Correria. Movimentação rápida e intensa da “polícia” e, no desfecho, calmaria e mais um criminoso levado para o sistema prisional gaúcho. Os fatos foram relatados na noite da segunda-feira, dia 18 de março, entre às 20h e 20h30min, pelos moradores da Comunidade Vila Verde, bairro São Cristóvão, em Guaporé. Assustados com a situação, verificaram a ação dos policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM), conjuntamente com a equipe da Patrulha Rural, na localização, captura e prisão de um jovem, de 19 anos. O fato aconteceu na rua Sete de Setembro.
Os policiais foram informados por populares na Central de Operações (Telefone 190) que, em uma rua sem saída, um homem, não identificado no contato telefônico, havia efetuado diversos disparos de arma de fogo. Uma guarnição foi despachada para o local e, ao tomar conhecimento do suspeito com a indicação do imóvel onde poderia estar, foram até o ponto. Com apoio da equipe da Patrulha Rural, cercaram a residência. Tentaram, batendo na porta da residência, chamar os moradores, sem sucesso. Porém, ouviram barulhos nos fundos e, ao verificarem, flagraram o jovem pulando a janela e, de imediato, efetuaram a prisão. No bolso do calção, portava um carregador de pistola municiado com 15 cartuchos intactos. Confessou ter efetuado os disparos e informou onde havia deixado a arma de fogo.
Após a indicação, os policiais encontraram uma pistola Taurus PT 57 calibre .765 municiada com cinco cartuchos intactos, uma maleta contendo mais 17 cartuchos do mesmo calibre, cinco porções de cocaína (peso total de 4,2g), uma balança de precisão e um coldre de pistola. Uma câmera speed foi apreendida e três cartuchos deflagrados localizados aos fundos da residência.
Recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, para o registro do flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e tráfico de drogas. Posteriormente, o jovem, que havia deixado o sistema prisional gaúcho há menos de 30 dias onde cumpria pena por tráfico, foi encaminhado para o Presídio Estadual de Guaporé onde permanecerá à disposição da Justiça.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Compartilhe também no:

Dados sobre trabalho formal no Estado mostram estabilidade no quarto trimestre de 2023

Artigo anterior

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 67 milhões

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.