Tempo de leitura: 1 minuto

Não é a primeira vez e, pelo histórico de 15 anos na atividade delituosa, não será a última que um homem, de 35 anos, conhecido dos órgãos de segurança pública de Guaporé será conduzido para o sistema prisional gaúcho. O criminoso, suspeito de furtar, somente nos últimos dias, um restaurante e um educandário (duas vezes), foi localizado na tarde da terça-feira, dia 14 de março, em uma residência na rua Euclides da Cunha pelos agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé. Os policiais, coordenados pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário.

Natural de Capão do Leão, o criminoso está há pelo menos 15 anos praticando ações delituosas, em especial o crime de furto, nas cidades de Guaporé e Serafina Corrêa. Em uma das ações, praticada há poucos dias, levou uma quantia significativa do caixa de um estabelecimento comercial. O valor, em questão de horas, foi diluído na aquisição de um automóvel e outros produtos. Porém, mal sabia que havia sido flagrado por câmeras do circuito interno de vigilância do local. Parte do dinheiro, que ainda não havia sido “investido”, foi recuperado por policiais da Brigada Militar (BM) e ressarcido ao proprietário.

O criminoso, após cientificado do cumprimento do mandado, foi conduzido para a realização dos procedimentos legais na DP. Posteriormente foi levado para o Presídio Estadual de Guaporé.

Data: 14/03/2023 17:42:53
Autor: Eduardo Cover Godinho

fonte: Rádio Aurora

Compartilhe também no:

ENCANTADO | Palestra Show marca Dia Internacional da Mulher

Artigo anterior

Bebê nasce com dois dentinhos e vira atração em hospital de Novo Hamburgo

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.