Tempo de leitura: 1 minuto
Pela terceira vez, em cerca de 30 dias, um imóvel na rua Luiza Hack Pasquali, bairro Nossa Senhora da Paz (Promorar), é alvo certeiro de ação policial do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM), de Guaporé, contra o tráfico de entorpecentes. O ponto é conhecido dos órgãos de segurança pública e, há tempos, foi dominado por uma associação criminosa de atuação na cidade e região. No final da tarde do dia 1º de abril, por volta das 18 horas, uma equipe da Patrulha Rural (PR), pertencente ao 3º Regimento de Polícia Rural Montada (3ºRPMon), prendeu um homem, de 23 anos, em flagrante comercializando cocaína para um usuário, de 29 anos.
Os policiais, durante patrulhamento de prevenção e combate à criminalidade, avistaram dois jovens em atitude suspeita na frente da conhecida residência. Ao perceberem a aproximação da equipe da PR, ambos dispensaram uma porção de cocaína e R$ 50,00 em dinheiro. Em ato contínuo, buscaram se refugiar no interior do imóvel. Sem sucesso. Foram abordados. Com o mais novo, que comercializava a droga, os policiais encontraram mais duas porções de cocaína e, durante as atividades, apreenderam outras 10 porções e a quantia de R$ 391,00 em dinheiro. A cocaína estava embalada e pronta para a venda.
O jovem, que possui antecedentes por receptação, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (2x), tráfico de drogas (2x), roubo a estabelecimento comercial e incêndio criminoso, recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, para o registro da ocorrência pelo crime de tráfico de drogas. Na sequência foi encaminhado para o Presídio Estadual de Guaporé onde permanecerá à disposição da Justiça. O usuário, após prestar depoimento para a autoridade policial, foi liberado.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FMPode ser uma imagem de ambulância e texto
Compartilhe também no:

Cresol lança a maior campanha de prêmios do cooperativismo de crédito do Brasil: Cooperar é Ganhar

Artigo anterior

NOVA BRÉSCIA | Nova estrutura prioriza a privacidade e o relacionamento próximo com os associados, em um espaço confortável e acolhedor

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.