Tempo de leitura: 1 minuto
Com a presença de aproximadamente 15 munícipes no plenário Roberto Baldasso, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores, de Guaporé, realizou na manhã da sexta-feira, dia 21 de junho, a 20ª sessão ordinária de 2024. A atividade, presidida por Antônio José Pandolfo (Republicanos), apreciou três projetos, sendo dois de Lei Legislativa e um de Lei. Nas matérias, análise dos subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários da municipalidade e vereadores para a Gestão 2025/2028, além do investimento para a realização de 22 cirurgias na especialidade de traumato-ortopedia. Representantes do povo encaminharam ainda requerimentos escritos e verbais.
A suplente de vereador Eronita Terezinha Da Silva (PT), que havia recebido os cumprimentos pelos trabalhos na 19ª sessão dos demais colegas e agradecido a todos pela oportunidade, voltou a fazer parte do Poder Legislativo. Com a ausência do pedetista Ronaldo Donida, o Moreta, a petista representou a comunidade, apresentando requerimentos e participando de mais uma votação. Eronita, ao lado dos vereadores Jonas Agosti (MDB), Jader Dalla Costa e Pato (Progressistas), votou contrário aos projetos de Lei Legislativa 006/2024 e 007/2024 que fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores para a Gestão 2025/2028. Pelo placar de 6×4, sem a participação do presidente Antoninho – que só se manifesta quando houver empate, os dois projetos foram aprovados pela maioria.
Os parlamentares apreciaram ainda o projeto 50/2024 para o custeio de procedimentos cirúrgicos eletivos de alta complexidade, na especialidade de traumato-ortopedia, aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), através da celebração de Termo Aditivo com o município de Farroupilha. Serão cerca de R$ 300 mil para a realização de 22 cirurgias. O objetivo é zerar as filas de espera e amenizar o sofrimento de quem precisa de cirurgia nessa especialidade.
Sem sessão
Na segunda-feira, dia 24, os vereadores não estarão reunidos no plenário Roberto Baldasso para mais uma atividade ordinária. Parte dos representantes do povo irá à Capital Federal para apresentar projetos aos deputados federais, senadores e nos Ministérios, bem como, solicitar recursos, através de emendas parlamentares, para as áreas da saúde, infraestrutura, educação, entre outras.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Compartilhe também no:

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

Artigo anterior

Municípios do Vale do Taquari têm até quarta (26) para manifestarem interesse por doação de geladeiras e fogões

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.