Tempo de leitura: 1 minuto
Formado da fusão entre o Democratas (DEM) e o Partido Social Liberal (PSL), o União Brasil é um partido majoritariamente de centro-direita. Com mais 1 milhão de filiados, cresce a passos largos e está presente no comando de Governo Estaduais, na representatividade no Senado Federal, Câmara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas, além dos Poderes Executivo e Legislativo. Em Guaporé, Tassiano de Oliveira é o presidente do Diretório Municipal do União Brasil. O partido integra a base do Governo Fabris (PDT) e Bastian (MDB) e há três anos colabora na formação política e no desenvolvimento da comunidade.
Antes de assumir o União, Tassiano liderava o DEM que, segundo ele, era utilizado como “partido de gaveta”, apesar da sua estrutura ser sólida no município.
“Algumas pessoas utilizavam a sigla partidária somente para fazer negociações políticas em épocas de campanha. O Diretório Estadual me procurou e solicitou que fizesse algo sério e constante. Aceitei o desafio. Tínhamos 65 filiados na época. Comecei o trabalho aproximando pessoas, trazendo descontentes de outros partidos e aqueles que tinham uma visão diferente do município. Hoje, no União Brasil, são mais de 300 que terão suas filiações abonadas no momento oportuno”, disse o presidente.
Tassiano afirma que o movimento de fortalecimento do União Brasil em Guaporé acontecerá no mês de março. Na ocasião, além das filiações, o Diretório Municipal lançará a nominata de pré-candidatos para as eleições 2024. Os nomes para a disputa das 11 vagas à Câmara Municipal de Vereadores – Gestão 2025/2028 estão praticamente definidos, restando detalhes e a convenção do partido para “bater o martelo”. O partido, destacou o presidente, analisa convites para compor uma chapa para a disputa à majoritária ou concorrer com candidatura própria.
“Contamos com excelentes nomes que vamos apresentar para compor uma chapa, seja para concorrer ao cargo de prefeito ou de vice-prefeito. Porém, importante entender como se comportará o cenário político. Não podemos impor que seja um do União Brasil. Sabemos que a estrutura para uma campanha eleitoral é muito maior do que ter somente filiados, mas, posso afirmar, o União Brasil está se preparando e vem forte”, concluiu.
Perguntado sobre o sonho do União Brasil, Tassiano respondeu que não é somente estar comandando Guaporé no Poder Executivo ou ocupando cadeiras no Poder Legislativo.
“É poder caminhar na rua e saber que as pessoas estão sendo bem representadas por nós. Saber que quando nos procuram a demanda estará em pauta e não será ‘levada ao vento’. Dentro das possibilidades e das condições permitidas, a comunidade está sendo atendida pela Administração Municipal. Nós fizemos parte do Governo. Não vamos conseguir contentar a todos. Fizemos o que é importante para o coletivo”, disse.
O estreitamento das relações para a campanha eleitoral, segundo Tassiano, é com os partidos que compõem o Governo Municipal. Porém, conversações estão abertas e sendo realizadas com outras siglas.
“Nosso combinado, em um primeiro momento, é até 2024 com o Governo Fabris e Bastian. Não temos nenhum compromisso a partir de 1º de janeiro de 2025. O compromisso do União Brasil é com a comunidade. Sim, nós fomos procurados por partidos que não fazem parte da Administração e isso é do jogo político”, admirou.
Tassiano, mesmo sendo presidente do Diretório Municipal do União Brasil, colocou o nome à disposição do partido para concorrer nas eleições de outubro. É um dos pré-candidatos à vereança.
“Na direção do partido temos pessoas qualificadas que executarão a tarefa de organizar e comandar as ações ao longo da campanha eleitoral. Até o momento da decisão definitiva, todos os passos serão tomados com cautela pelo União Brasil”, salientou.
A decisão de como o União Brasil se comportará nas eleições 2024 só será conhecida na convenção partidária que acontecerá entre os dias 20 de julho e 5 de agosto, de acordo com a Lei Eleitoral 9.504/1997
Rádio Aurora
Compartilhe também no:

Benefícios de ser MEI

Artigo anterior

Valle da Niágara – O novo ponto turístico de Espumoso

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.