Tempo de leitura: 1 minuto

A seleção para vaga de diretor(a) do Departamento Central de Gestão de Pessoas, setor vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), teve inscrições prorrogadas até 11 de março. O processo é realizado por meio do programa Qualifica RS. Pode concorrer à vaga qualquer interessado que cumpra os pré-requisitos estabelecidos, sem ser necessário atuar como servidor ou funcionário público do Rio Grande do Sul.

Entre as principais atribuições do cargo, estão:

  • Coordenar o planejamento da força de trabalho, incluindo a gestão de vagas para promoções e abertura de concursos;
  • Gerenciar o processo seletivo e de mentoria do Lidera RS – Formação de Líderes;
  • Gerenciar as ações de gestão das carreiras transversais do Estado, contemplando movimentação, promoções, concursos e alocação, de acordo com as normativas vigentes;
  • Gerenciar a estratégia de desenvolvimento organizacional, contemplando processos como integração de novos servidores e lideranças, gestão de carreira, gestão de desempenho, sucessão e mapeamento de necessidades de desenvolvimento.

Após a inscrição, que inclui cadastro do currículo, candidatura em formulário específico e testes de perfil, a seleção será seguida pelas etapas de entrevista por competências e técnica, entrevista com as subsecretárias de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e divulgação dos resultados.

Requisitos  

São pré-requisitos para concorrer à oportunidade: Ensino Superior completo, experiência mínima de três anos em cargos de liderança e experiência mínima de três anos em gestão de pessoas.

As qualificações e experiências desejáveis incluem conhecimento sobre gestão pública e/ou vivência no setor público; conhecimento sobre a Lei Complementar 10.098/1994; conhecimento sobre os subsistemas de Gestão de Pessoas, com destaque para gestão de carreiras, recrutamento e seleção, gestão do clima e da cultura e desenvolvimento de competência, entre outros.

Remuneração  

A remuneração bruta mensal será de R$ 8.669,70 (FGS 11) para o candidato que já for servidor público e R$ 14.449,50 (CCS 11) para o candidato sem vínculo efetivo com o Estado. Também estão incluídos vale-refeição de R$ 366,60, plano de saúde opcional com coparticipação, estacionamento coberto, férias e 13º salário, proporcionais ao tempo de trabalho.

Texto: Ascom SPGG
Edição: Secom

GOV DO RS

Compartilhe também no:

Soledadense é encontrada sem vida em apartamento no município de Marau

Artigo anterior

Alceu Moreira é eleito a personalidade política nacional do agro gaúcho em 2024

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.