Tempo de leitura: 1 minuto
MUÇUM | O Hospital Nossa Senhora Aparecida (HBNSA) receberá mais de R$ 2 milhões em investimentos, conquistados junto ao governo federal, por meio do Ministério da Saúde. A conquista refere-se a uma articulação entre Poder Executivo, Associação Beneficente de Muçum (ABM), que é a entidade mantenedora do hospital, a administração da casa de saúde.
.
O recurso possibilita a aquisição de equipamento para exames de endoscopia e gasometria, eletrocardiograma, aparelho de raio-x móvel, camas hospitalares, móveis, cardioversor/desfibrilador, bombas de infusão, frigobar para os quartos, lavadora e centrífuga, carro-maca e outros equipamentos menores.
O prefeito Mateus Trojan, comenta que o município sempre buscou colaborar para otimizar a estrutura de atendimento e, além disso, agregar serviços que beneficiem diretamente a população de Muçum e da região. Ele destaca que a conquista teve participação direta da ABM, colaboração dos vereadores e da secretaria da Administração, Fazenda e Planejamento. “É um trabalho feito em conjunto, que visa dar condições para que o hospital siga uma política de atendimento eficaz e ofereça à comunidade a estrutura que ela precisa na área de saúde”, comenta.
.
Segundo o diretor administrativo do HBNSA, André Marcon, o próximo passo, para receber os equipamentos é o vencimento de trâmites burocráticos, como o processo licitatório. “Para termos uma previsão de quando esses equipamentos estarão à disposição, precisamos ultrapassar algumas etapas. Temos muito o que comemorar, esse recurso fará com que tenhamos um atendimento ainda melhor, agregando serviços”, reitera.
Fonte: Prefeitura de Muçum
Compartilhe também no:

Estado atende áreas afetadas e alerta para a ocorrência de mais temporais

Artigo anterior

Operação Força Total não impede deslocamento de balsa pelo Rio Taquari

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.