Tempo de leitura: 1 minuto
Denúncias sobre a criação de galos de rinha, caracterizando-se como crime de maus-tratos (Lei Crimes Ambientais), em uma propriedade da zona rural, de Fagundes Varela, levaram na quarta-feira, dia 10 de janeiro, policiais da Brigada Militar (BM), equipe da Força Tática (FT), a localizar mais de 140 pés de maconha, armas de fogo, medicamentos e outras substâncias de uso veterinário para animais, além das aves. Durante a ação, uma mulher, de 38 anos, foi presa.
A equipe, ao chegar no estabelecimento indicado, deparou-se com a proprietária. Ao longo da inspeção, localizaram 20 galos de rinha confinados. Muitos com ferimentos característicos de brigas. No imóvel, policiais encontraram medicamentos veterinários, anabolizantes e suplementos para animais. Uma espingarda calibre 32, uma carabina de pressão adaptada para arma de fogo calibre 22, ambas sem registro, e munições foram apreendidas. Em uma parte da área rural, a FT encontrou o cultivo de mais de 140 pés de maconha.
A mulher, pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e crueldade contra animais, foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Veranópolis, para os procedimentos legais.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Compartilhe também no:

Governo federal trata de apoio à cadeia do arroz no RS

Artigo anterior

Benefícios do INSS acima do mínimo terão reajuste de 3,71%

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.