Tempo de leitura: 1 minuto

A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) e o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS) receberão patrocínio de R$ 500 mil da CEEE Equatorial, que será efetivado por meio de incentivo fiscal da Lei Rouanet. O aporte será direcionado a ações focadas em artes visuais e formação cidadã, contribuindo para fomentar a retomada da cultura após as enchentes.

Com realização prevista para o segundo semestre de 2024, as ações patrocinadas integram os planos anuais das duas instituições vinculadas à Secretaria da Cultura (Sedac). Serão destinados R$ 300 mil para a CCMQ e R$ 200 mil para o MACRS. O apoio financeiro foi anunciado pela concessionária de energia na quinta-feira (13/6).

Ações patrocinadas no CCMQ

  • Projeto Luzes do Futuro, que inclui um seminário internacional com a presença da comunidade científica, de autores e de artistas, a fim de promover o diálogo sobre as relações entre cultura e Antropoceno;
  • Intervenção artística no Jardim Lutzenberger, traçando diálogo entre arte, natureza e tecnologia, com experiências sensoriais;
  • Ocupação de espaços expositivos com artistas gaúchos afetados pelas enchentes, cuja produção traga horizontes e exercícios de futuro.
  • Programação de cinema ao ar livre;

Todas as ações serão enriquecidas com atividades educativas e devem ocorrer entre setembro e dezembro deste ano.

Ações patrocinadas no MARCRS

  • Seis exposições de artistas gaúchos nas galerias do museu, mediante seleção do Comitê de Acervo e Curadoria do MACRS;
  • Nova edição do Programa de Residência Artística do Instituto Estadual de Artes Visuais, com foco em questões ambientais. Serão selecionados cinco artistas visuais de cinco regiões do Estado para residência na CCMQ, com recebimento de bolsa, acompanhamento curatorial e capacitação profissional;
  • Projeto de circulação de exposição e formação em artes visuais pelo Rio Grande do Sul, com objetivo de descentralização, prevendo atividades em dois ou três municípios gaúchos;
  • Programa educativo, em parceria com Centro de Desenvolvimento da Expressão (CDE), com ações em abrigos temporários para promover momentos de encontro com a criatividade e a imaginação, nos quais adultos e crianças expressem suas ideias por meio da linguagem das artes visuais.

As ações devem ocorrer ao longo do segundo semestre de 2024.

Texto: Douglas Carvalho/Ascom Sedac
Edição: Secom

gov do RS

Compartilhe também no:

FORTALEZA DOS VALOS | Prefeita Marcia Rossatto Fredi Recebe Comissão de Jovens do Sindicato Rural de Cruz Alta

Artigo anterior

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 53 milhões

Próximo artigo

Você também pode gostar

QUER COMENTAR SOBRE ESTÁ NOTÍCIA?

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.